História do Grupo


O grupo TRADICE, fundado em 2004, atua nas linhas de pesquisa de Práticas Discursivas e Estratégias de Textualização e Descrição e Análise Linguística do Programa de Pós-Graduação em Linguística, da Universidade Federal do Ceará. A proposta é desenvolver estudos numa perspectiva diacrônica sobre as práticas sociais de linguagem, especialmente no Ceará, bem como estender os resultados desses estudos ao âmbito do ensino.

O objetivo geral do grupo é investigar como os textos se constituem nos diferentes gêneros textuais, desde o século XVIII até o presente, de modo a analisar aspectos sócio-históricos e linguísticos.

O pressuposto teórico de base é a concepção de que os textos/discursos se constroem nas atividades de enunciação e resultam, portanto, de práticas intersubjetivas, interacionais e sociocognitivas. Por isso o texto/discurso não é tomado como um produto acabado e estável, mas como uma unidade de sentido, contextualmente situada, para a qual confluem diversos processos de construção.

A noção de "tradições discursivas", nascida no âmbito da filologia românica e elaborada por romanistas alemães, dá suporte para investigar como se constituíram os textos que circulavam e circulam através dos tempos, em diferentes esferas sociais, e permite revelar práticas sócio-históricas de uso da linguagem ou linguagens.

Os corpora são constituídos de textos escritos, distribuídos entre gêneros epistolares e gêneros praticados nas áreas jornalística, publicitária, literária, jurídica e acadêmica.

Site desenvolvido por Deborah Medeiros